Blog

Nossa homenagem ao cantor Chico Rey

Música
26.02.2016

Chico Rei deixa a música sertaneja em luto. O cantor morreu às 15 horas do dia 26 de fevereiro, em Maceió, enquanto tirava férias com a família. Chico sofria de problemas renais e teve algumas complicações em decorrência de uma hemorragia. Ele chegou a ser socorrido e levado ao hospital, porém não resistiu e veio a óbito, ocasionando uma perda irreparável para o mundo da música sertaneja.

Conforme algumas informações sobre o cantor, ele teria feito hemodiálise em Maceió, o que ocasionou uma complicação na fístula. Toninho Lopes, empresário da dupla, revelou que “ele acabou sofrendo uma parada cardíaca” . Essas complicações podem ter vindo em decorrência de uma cirurgia de transplante de rim que o cantor tinha realizado recentemente. Chico estava no Hospital Vida.

De acordo com informações do empresário da dupla, o parceiro de Chico Rey está a caminho de Maceió. O cantor é natural de Arapongas. Alçou sucesso na música sertaneja ao lado de seu irmão. São autores das grandes canções como “Tá com raiva de mim”; “Você não sabe amar”; “Encanto e Magia”; entre tantas outras que renderam o primeiro disco de “ouro” da dupla.

Em shows recentes, por ocasião de problemas de saúde, o músico era substituído pelo irmão mais novo, o cantor Miller.

Vários cantores do mundo da música sertaneja lamentaram a morte do cantor. O cantor Daniel publicou um texto em seu Instagram(@cantordaniell), na tarde desta sexta-feira, 26. Ele compartilhou uma imagem do sertanejo e falou da amizade que tinha com ele. “Chico Rey, além de um grande parceiro, um cara que é da mesma época que a gente. Vimos nascer Chico Rey e Paraná e formaram uma das mais belas duplas do Brasil. Além de ser bom caráter e boa gente! Vai fazer muita falta, foi uma notícia inesperada para mim e para todos os seus fãs. Nossos sentimentos à toda família e a quem fazia parte da sua trajetória. Tivemos mais uma perda irreparável para nossa música sertaneja, para a bandeira que levantamos!”, escreveu.

A dupla Bruno e Marrone também homenagearam Chico Rey em seu instagram . “Dia triste para a música sertaneja hoje”.

Foto: @oficialbrunoemarrone | Dia triste para a música sertaneja hoje....

Foto: @oficialbrunoemarrone | Dia triste para a música sertaneja hoje….

Biografia 

Os irmãos Francisco Aparecido de Jesus Gomes (Chico Rey) e José Cláudio Gomes(Paraná), nasceram em Arapongas, no estado do Paraná. Começaram a cantar ainda crianças, acompanhando o pai que era seresteiro. Na década de 70, mudaram-se para Brasília, onde se juntaram profissionalmente.

O primeiro disco de Chico Rey e Paraná foi gravado em 1981, mas o sucesso só veio em 1988 com a música ”Quem será seu outro amor”. 

Em 1988, a dupla estourou e continuou cantando no interior do País, mas perdeu a visibilidade na capital. Em 2006, gravaram  “Alma transparente” com o cantor Leonardo. A música foi uma das mais pedidas nas rádios de São Paulo e, desde então, os irmãos mantinham média de 100 shows por ano.

Em 2011, o empresário da dupla e produtor cultural Clayton Aguiar resolveu criar a biografia de Chico Rey e Paraná. Ao longo de 30 anos acompanhando a carreira dos dois irmãos, Aguiar reuniu um grande acervo que forma a primeira biografia autorizada da dupla. O livro mostra histórias pessoais, fotos e depoimentos, que revelam como foi a intimidade de Chico Rey e Paraná nos anos de maior sucesso.

Com tantos baixos e altos, a dupla sempre permaneceu parceira e agradecida aos fãs. O empresário da dupla conta que “sempre foram momentos difíceis coroados de bons acontecimentos, como a reposta dos fãs. Como gratidão, eles doavam queijo, rapadura e doces”, diverte-se.

compartilhe o post

Comente Pelo Facebook