Blog

Relembre 5 sucessos de Milionário e José Rico

Mundo Country / Música
03.03.2017

Os cowboys e cowgirls do Brasil, com certeza, já ouviram falar da dupla Milionário e José Rico. Uma verdadeira dupla de sucesso desde a década de 70, os cantores ficaram nacionalmente conhecidos como “As gargantas de ouro do Brasil”. Quarenta anos de carreira, mais de 35 milhões de exemplares vendidos, 29 discos gravados, e 2 filmes gravados.

Selecionamos os 5 sucessos da dupla que são relembrados com tanto carinho pelos apaixonados pela música sertaneja. Entre os sucessos de Milionário e José Rico estão músicas como “Jogo de Amor”, “De Longe Também se Ama”, “O Tropeiro”, “Amor Dividido” e especialmente a canção rancheira “Estrada da Vida”, que vendeu mais de dois milhões de cópias e deu origem ao roteiro do filme homônimo, dirigido por Nelson Pereira dos Santos.

1- Jogo do Amor:

2-De Longe Também se Ama:

3-O Tropeiro:

4-Amor Dividido

5- Estrada da Vida

Essa canção proporcionou a venda de mais de trinta milhões de cópias. A música “Estrada da Vida”, de autoria de José Rico, tornou-se lendária. Chegou até a intitular o filme de grande sucesso, que conta a trajetória de Milionário e José Rico.

O filme “Na Estrada da Vida” foi um sucesso em todo o Brasil. Tanto é que conquistou o primeiro lugar no Festival Internacional de Filmes de Brasília e foi vendido para diversos países, inclusive a China. Foi nesse momento que a dupla atingiu um nível elevado em seu sucesso, pois foram convidados pelo Governo Chinês a se apresentarem naquele país no ano de 1985.

A simpatia de José Rico pelos mais variados estilos musicais como a gaúcha, mexicana, paraguaia e cigana dotou essa dupla de um estilo característico e inconfundível. O uso de instrumentos como harpas, trompetes e em especial o acordeon, demonstraram esta mistura, que virou uma riqueza nacional para a música sertaneja.

sucessos de milionario e jose rico

Conheça a história de Milionário e José Rico

O conhecido “Milionário”, na verdade, leva o nome de Romeu Januário de Matos. Nascido em Monte Santo-MG, na década de 40. Ao longo da vida foi pedreiro, garçom e pintor de parede. Foi na mãe que encontrou inspiração musical, ao observá-la cantar. Aprendeu música “de ouvido”, sem ter estudado em conservatório musical.

Já o famoso “José Rico”, José Alves dos Santos, nasceu em São José do Belmonte-PE, também na década de 40. Foi criado em Terra Rica-PR, desde os dois anos de idade. Acabou adotando, e registrando em Cartório, o nome José Rico Alves dos Santos. Este nome veio em alusão à cidade paranaense onde viveu sua infância. O apelido foi inventado por um padre, ainda durante a infância de José Rico.sucessos de milionario e jose rico

Foi em São Paulo, na década de 70, que conheceu Milionário, no hotel em que estavam hospedados. Quando os dois se encontraram, no Hotel Rio Preto, ao serem apresentados, José Rico disse seu nome à Romeu, que já foi logo dizendo:  “se você é o José Rico, pode me chamar de Milionário”, em alusão ao “carnê milionário” do Baú da Felicidade do grupo Sílvio Santos.

Depois do início da carreira na “Grande Cidade”, a dupla se mudou para Londrina-PR. Foi aí que começaram a cantar em um estúdio de gravação de jingles para comerciais. Logo em seguida, foram apresentados à gravadora Chantecler em 1973, pelo compositor Prado Júnior. Foi em 1982 que a dupla despontou com a canção “Tribunal do Amor”.

Separação e Reconciliação

Foi em 1991 que ocorreu a separação da dupla durante um período de três anos. Nesse período, José Rico gravou dois discos sem Milionário, em sua breve carreira solo. O último show da dupla em que foi anunciado a separação foi na cidade de Ipuã/SP.

Já em 1994, José Rico e Milionário voltaram a ser uma dupla de sucesso. Uniram suas forças e gravaram o LP “Nasci Para Te Amar”, que também virou um CD, o primeiro da dupla. Em homenagem a Ayrton Senna, falecido tragicamente naquele ano, a dupla gravou uma música.

sucessos de milionario e jose rico

Trajes característicos

Com seus óculos escuros, José Rico, era o mais característico da dupla. Seu bigode era marca registrada, juntamnete com seu óculos escuros. Bota de pele de arraia, dedos recheados de anéis, colares no pescoço e uma camisa aberta até a altura da barriga, além da unha do dedo mindinho sempre grande e pintada de vermelho.

Morte de José Rico

No dia 3 de março de 2015, faleceu José Rico.  Nascido em 29 de junho de 1946, faleceu aos 68 anos vítima de um infarto. José Rico foi internado em um hospital de Americana-SP, com complicações no coração, rins e joelho e não resistiu.

Qual a sua música preferida da dupla? Deixe nos comentários!

 

compartilhe o post

Comente Pelo Facebook