Blog

Mato Grosso do Sul: celeiro do sertanejo universitário

Mundo Country / Música
20.05.2016

Um dos ritmos mais tocados no Brasil é o sertanejo universitário. Mato Grosso do Sul destaca-se neste ritmo com grandes duplas que surgiram por lá. Atualmente, o sertanejo conquistou tanto o Brasil como o mundo pela diversidade e pela forma que esse estilo musical consegue aliar diversão e entretenimento com a cultura de nosso país. Historicamente, o sertanejo universitário nasceu de influências do próprio sertanejo tradicional ou de raiz e é considerado como a terceira evolução da música da categoria.

Jovens universitários se deslocaram de sua cidade do interior para o âmbito acadêmico e levavam consigo a cultura, transformando até mesmo os instrumentos que compunham um ritmo diferenciado que, hoje, resultou no sertanejo universitário, associando o violão e viola com guitarras, baterias, baixos, metais e instrumentos de percussão.

728x90-1

Por meio de artistas sul-mato-grossenses, a cultura de cada um trouxe uma prática musical que envolve outras culturas, como a música paraguaia, as violadas, a cultura caipira. Como o sertanejo universitário surgiu após o movimento considerado como “sertanejo romântico brega”, o estilo musical já não tinha a mesma cara. Hoje em dia, as letras trazem situações vividas por jovens com temas de ostentação, amor e balada, por exemplo. Novos cantores surgem e outros se adaptem ao estilo, e cada vez mais o gênero se populariza.

O cantor Luan Santana e Michel Teló e as duplas Maria Cecília & Rodolfo e João Bosco & Vinícius  são os artistas mais ligados ao sertanejo universitário, expandindo as fronteiras sul-mato-grossenses e se tornando ídolos nacionais. Estes artistas do Estado conhecido musicalmente por ser a terra de Almir Sater e Tetê Espíndola, mudaram o conceito com a tradição sertaneja de duplas de Goiás, Minas e São Paulo. O cantor Michel Teló, por exemplo, lançou-se na carreira solo depois de deixar o grupo Tradição, explodiu com o sucesso ‘Fugidinha’. O sucesso no Brasil leva o público de sertanejo universitário para se apresentar fora do país. A dupla Maria Cecília & Rodolfo fez turnê nos Estados Unidos seguindo o mesmo caminho de Michel Teló, Luan Santana e João Bosco & Vinícius.

Conheça agora seis artistas sul-mato-grossenses que se destacaram no sertanejo universitário:

1- João Bosco e Vinícius

joao-bosco-e-vinicius
A dupla se conheceu em Coxim (MS) e eram até rivais em uma competição musical da cidade, mas só iniciaram carreira quando se mudaram para a capital, onde estudavam na universidade. Em 1999, João Bosco & Vinícius também trouxe o início do que ficou conhecido como sertanejo universitário, com apresentações em barzinhos da cidade. Desde o começo da carreira, a rotina dos dois foi marcada por lançamentos que viraram sucesso imediato. O maior hit da dupla foi “Chora Me Liga”, sendo a música mais tocada em 2009. NO ano seguinte tocaram nos Estados Unidos, Espanha, Inglaterrra, Portugal, conquistando o Grammy Latino com o álbum “João Bosco & Vinícis – 2011”, com os hits  “Chuva”, “Tarde Demais” e “Abelha” (com participação de Jorge & Mateus).

2- Maria Cecília e Rodolfo

Divulgação

Divulgação

Estudantes de Zootecnia na Universidade Católica Dom Bosco, a dupla Maria Cecília e Rodolfo surgiu de uma brincadeira em sala de aula, quando começaram a tocar e cantar. Em 2007, ano em que o sertanejo universitário já estava em destaque, a dupla foi surgindo em festas universitárias, bares locais e violadas. Sempre esbanjando talento, os artistas conseguiram surpreender a todos e em menos de um ano, a dupla recebeu um convite para gravar um CD pela Som Livre. A música “Você De Volta”, colocou Maria Cecília e Rodolfo em destaque, virando trilha sonora da novela Paraíso, na Rede Globo.

3- Michel Teló

sertanejo

Divulgação

Esse artista canta, dança, toca e tem o dom de colocar a moçada pra pular de alegria em seus shows. Nascido no Paraná, aos dois anos de idade, mudou-se para Campo Grande (MS), onde cresceu ao som da sanfona de seu avô, que era tocada em festas de família. Aos sete anos,  Michel Teló fez sua primeira apresentação em um coral de colégio, iniciando assim, sua história artística. Desde então, o artista se dedicou à música com anos de estudos, ensaios, viagens e desafios. Todo esforço e dedicação foram compensados quando recebeu um convite do Grupo Tradição. O que era pra ser apenas uma substituição de um dia, teve parceria de doze anos. Em carreira solo, Michel Teló estourou nas rádios com a música “Fugidinha”, do cantor Thiaguinho e logo depois, com o hit que virou febre “Ai Se Eu Te Pego”.728x400

4- Luan Santana

sertanejo

Divulgação

Cantor e compositor, Luan Santana iniciou sua carreira de forma amadora, até que recebeu um convite para tocar em Bela Vista (MS), pois a música “Falando Sério”, era uma das mais tocadas nas rádios da região. Mais conhecido pela música “Meteoro”, ele já foi um dos artistas mais influentes nas redes sociais, de acordo com a Social 50 da Billboard. A rotina de shows foi se tornando constante e em 2009, a Som Livre o contratou, gravando seu primeiro DVD no Parque das Nações Indígenas, em Campo Grande (MS), que reuniu mais de 85 mil pessoas, deslanchando sua carreira, ganhando reconhecimento e prêmios. Atualmente, Luan Santana é citado como um dos maiores cantores do chamado sertanejo universitário.

5- Munhoz e Mariano

Divulgação

Divulgação

Os amigos que se conheciam desde os 6 anos, resolveram se juntar na carreira artística. A dupla começou tocando em postos de gasolina e casas de shows. Em outubro de 2010, ganharam o concurso Garagem do Faustão. Com essa conquista, eles tocaram no Festival Pop Sertanejo e a música que deu a vitória foi “Sonho Bom”, com 35% de votos pela internet. Essa foi a primeira exibição da dupla do Mato Grosso do Sul em rede nacional. O hit “Camaro Amarelo” atingiu a primeira posição pela Crowley Broadcast Analysis.

6- Bruninho e Davi

bruninho-e-davi

Divulgação

Essa dupla mistura sertanejo com pop, arrocha, reggae e até mesmo rock.  De Campo Grande (MS), Bruninho e Davi iniciaram a carreira cantando em igrejas da capital. O primeiro contato da dupla foi na banda Vega. Davi tocava guitarra e Bruninho, teclado. Depois de um tempo separados, a dupla se reencontrou na festa de aniversário de Davi e foi neste dia, em uma brincadeira durante a festa, que os dois tocaram juntos novamente, decidindo formar a dupla. Em 2009, eles tocavam em barzinhos e shows pequenos, logo fizeram sucesso com a música “Zona Sul”. Mas o primeiro grande sucesso da dupla aconteceu em 2010, quando lançaram o clipe “Vamo Mexê”, com participação de Michel Teló.

Sabemos que esse ritmo ainda vai dar o que falar e tem muita estrada a frente. Essa geração, sem dúvida, está aberta para outros estilos!

compartilhe o post

Comente Pelo Facebook