Blog

5 curiosidades imperdíveis sobre o cavalo crioulo

Curiosidades / Mundo Country
17.06.2015

Falamos anteriormente sobre o cavalo Quarto de Milha no post  8 motivos para amar o cavalo quarto de milha. Conheça agora as curiosidades sobre outra raça: crioulo.

1- O cavalo da raça mais caro chega a R$ 16,25 milhões

O cavalo mais caro da raça crioula é JLS Hermoso, de propriedade da Cabanha Maior, de Santa Catarina, avaliado em R$ 16,25 milhões.  Por conta de seu temperamento e movimento, ele produziu animais de alta qualidade morfológica e funcionalidade muito competitiva.

Cadejo da Maior, filho do garanhão JLS Hermoso, é o segundo mais caro, avaliado em R$ 6 milhões e o terceiro é Destaque Maior, avaliado em R$2,5 milhões, também filho de JLS Hermoso.

jls hermoso cavalo crioulo

JLS Hermoso

Empresários e profissionais de áreas como a medicina, engenharia e advocacia têm sido atraídos pela alta rentabilidade do mercado de cavalos crioulos, tornando-se os responsáveis por quase 600% da sua valorização na última década.

728x90-1

2- Procura cada vez maior

A raça crioula é uma das que mais cresce em todo o Brasil. 35 mil animais nascem todo ano. Os melhores são preparados para as competições e depois de ganharem fama, servem de matriz para a procriação gerando animais cada vez melhores e mais valorizados no mercado. O valor médio de um animal com procedência é de R$ 25 mil. A Associação Brasileira de Cavalos Crioulos diz que a cadeia produtiva da raça rende R$ 1,2 bilhão anual, apenas em leilões, além da geração de empregos, entre eles os ginetes, responsáveis por domar e montar cavalos crioulos. As competições servem de vitrine para os animais mostrarem suas habilidades.

Fivela Sumetal Crioulo

Fivela Sumetal Crioulo

3- Rusticidade

No Brasil, são de 3000 criadores associados à Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos e a razão para investir está nas características de cada animal adquiridas ao longo do tempo, como a rusticidade. O crioulo se adapta a qualquer região do Brasil.
728x400

Normalmente são criados livres, em grandes pastos, e quando chegam à idade adulta são laçados e domados. O crioulo é o cavalo do gaúcho pra lida de campo, um dos cavalos mais fortes e mais saudáveis que existe, um atributo à sua ascendência espanhola. É capaz de viver em condições de extremo calor o frio com  mínimo de alimentação, tem incrível resistência e é famoso pela longevidade.

Cavalo-Crioulo

4-Alma gaúcha

A raça crioula se originou de animais de sangue andaluz e berbere, que chegaram ao  continente com os descobridores europeus.  O crioulo pode ser encontrado sobre formas ligeiramente diferentes e uma grande variedade de nomes, em todo o continente Sul Americano. No Brasil, por exemplo, é o ‘Crioulo Brasileiro’.

Há mais de 500 anos se desenvolveu livre nos campos do Chile, Uruguai e Argentina. Somente nos últimos dois séculos, os animais tentaram ser usados pelos fazendeiros, incluindo os gaúchos, que tornaram o cavalo crioulo a  raça oficial do Estado, uma história que hoje segue forte pelos campos do país.

crioulo gauccho

5-Cavalo do Freio de Ouro

O Freio de Ouro é a maior prova da raça Crioula e onde podem ser comprovadas as habilidades de cavalo e do ginete, reproduzindo nas pistas os trabalhos do dia a dia no campo.

Testa-se a doma, a resistência, a docilidade, a aptidão e a coragem, que formam a funcionalidade do cavalo crioulo.

Freio de ouro
Esta prova inicia com os concorrentes sendo submetidos e uma nota morfológica, a de maior peso, passando então para as etapas de Andadura, Figura, Volta sobre Patas, Esbarradas, Mangueira, Bayard/Sarmento e Paleteada.

compartilhe o post

Comente Pelo Facebook