Blog

Wrangler: uma das marcas de jeans mais vendidas do mundo

Estilo Country
28.04.2015

A Wrangler é uma empresa com mais de 100 anos de tradição. Em 1897, o jovem de 20 anos C.C. Hudson deixou Spring Hill Farm em Williamson County, Tennessee, à procura de fortuna na cidade têxtil de Greensboro, Noth Carolina. Ele foi trabalhar em uma indústria pregando botões por 25 centavos o dia.  Em 1904, a indústria onde trabalhava fechou. Ele comprou algumas máquinas de costura com as reservas que tinha e junto com seu irmão Homer fundou a Hudson Overall Company, em um pequeno espaço. Em 1919, com o aumento das vendas, eles se mudaram para um quarteirão maior e alteraram o nome para Blue Bell Overall.

CC Hudson

Em 1926, a grande companhia Big Ben, de Kentucky, comprou a Blue Bell por $585,000. O nome da companhia continuou Blue Bell.  Dez anos depois, a empresa já era referência em inovação com o lançamento de um macacão com tecido que reduzia o encolhimento em menos de 1% (o Super Big Ben Overalls), estabelecendo outro padrão para a indústria.

Super Big Ben Overalls

Na década de 40, a Blue Bell comprou a Casey Work-Clothes Company com os direitos de usar o nome Wrangler. A identidade atual veio com o trabalho do alfaiate Bernard Lichtenstein (ou “Rodeo Ben”, como era conhecido), que desenvolveu uma linha de jeans especial para cowboys. Curiosamente, Rodeo Ben tinha pouca herança americana, sendo um cowboy de origem polonesa.

wrangler-tag-book

 

Tendo desenhado e testado mais de 13 pares de jeans, a Wrangler 11MWZ foi levada ao público americano com foco no conforto do cowboy ao montar. A campanha promocional original mostrava lendas do rodeio usando o jeans. Embora rebatizado de 13MWZ, o 11MWZ continua a ser o jeans clássico.

O 13MWZ revolucionou o mercado de jeans devido à textura do tecido, muito mais suave. Este jeans era tão popular no circuito do rodeio que em 1974, a Wrangler foi nomeada a marca de jeans oficial da Rodeo Cowboy´s Association. Não querendo vender apenas na América, a empresa começou a voltar-se cada vez mais para o exterior.

Na década de 60, a Blue Bell abriu sua primeira fábrica europeia na Bélgica e começou a vender Wrangler para toda a Europa, onde decolou como um ícone da juventude e da cultura norte-americana. A marca começou a crescer criando tanta demanda que no final da década de 90, a cada 5 pares de jeans vendidos, 1 era Wrangler.

A Wrangler está associada a rodeios e continua a ter um efeito positivo em todos aqueles que vivem o estilo de vida country. Jeff Chadwick, diretor de eventos como NFR (National Finals Rodeo), PBR (Professional Bull Riders), PRCA (Professional Rodeo Cowboys Association) e Program Miss Rodeo USA, tem apoiado rodeios na América do Norte e patrocinado os melhores profissionais.

“A Wrangler me encontrou quando eu tinha 19 anos. Eles me colocaram na estrada. Se não fosse por eles eu não teria feito minha primeira NFR, nem ganhado minha fivela. Esses caras me pegaram quando eu era jovem e até agora estão tomando conta de mim”, disse Kaycee Field, Professional Bull Rider patrocinado pela Wrangler Jeans.

O estilo 13MWZ, de 1947, ainda está disponível em todo o mundo. A Wrangler também lançou outras marcas como a 20X, Riggs Workwear, Rock 47 e Aura.

Wrangler 13MWZ

Hoje, a assinatura  “Wrangler” nos bolsos traseiros tornou-se um dos símbolos mais conhecidos da indústria de jeans. Na Europa, a marca é representada em 22 países e com popularidade em todo o mundo.

A Wrangler continua a colocar a tradição americana no mercado, recentemente usando famosos jogadores de futebol americano como o quarterback Brett Favre. No comercial, ele joga futebol americano na lama vestindo Wrangler.

Brett Favre com seus jeans wrangler

CAMPANHAS

Ao longo dos anos, a Wrangler criou campanhas solidárias. Confira algumas:

Wrangler National Patriot Program

Fundado em 2009, é um Programa desenvolvido com o objetivo de levantar fundos para os soldados veteranos e seus familiares. O programa começou com um cheque de $ 50.000 em nome do cowboy que serviu nas Forças Armadas dos Estados Unidos, Jim Ombros. As camisas com a marca  “Wrangler National Patriot Program” estão à venda nos rodeios dos Estados Unidos e parte da verba levantada vai para instituições de caridade que prestam apoio aos veteranos militares. Kaycee Feild, George Strait, Jason Aldean e outros incontáveis americanos mostraram seu apoio vestindo Wrangler National Patriot.

American300-Tours-Wrangler-National-Patriot-CLN-FI-

Tough Enough to wear pink (tradução livre: Muito difícil usar pink)

Foi uma campanha de caridade da Wrangler para ajudar mulheres com câncer de mama e homenagear aquelas que sobreviveram. Como resultado, arrecadou mais de $9.7 milhões para as instituições que prestam apoio a estas mulheres.  A campanha foi um jeito de reconhecer a coragem de quem enfrenta a doença, disse Phil McAdams, presidente da Wrangler, à época, quando anunciou o lançamento da campanha em 2004.

Confira calças Wrangler:

 

calça wrangler

 

calça wrangler 1

 

calça wrangler feminina

 

compartilhe o post

Comente Pelo Facebook