Blog

4 raças de cachorro para te ajudar na lida e no pastoreio

Curiosidades / Mundo Country
10.03.2017

Os cães são o melhor amigo do homem, e é claro que também são grandes companheiros dos cowboys. Nas fazendas, as raças de cachorro têm um papel muito importante e ajudam tanto na segurança, como cães de guarda; quanto na lida, acompanhando no pastoreio.

Cláudio Murilo, responsável pelo canil boiadeiro, explica que a prática do pastoreio é a movimentação do rebanho com o auxilio dos cães para controlar os animais no campo. Para isso, os cachorros precisam ter uma grande aptidão, aliada com o treinamento. Existem raças de cachorros específicas que fazem esse trabalho.

Raças de cachorro para o trabalho de pastoreio na lida

Com ajuda do treinador Cláudio Murilo nós selecionamos quatro raças de cachorro que são ideais para a lida:

1- Border Collie

raças de cachorro

2- Kelpie

raças de cachorro

3- Pastor de Mantiqueira

raças de cachorro

4- Heeler

raças de cachorro

Segundo Cláudio, o Border Collie e o Kelpie são cães arrebanhadores, que buscam o rebanho e o conduz a grande distância dos seus donos. São animais que trabalham em silêncio e não latem em serviço.

O Pastor da Mantiqueira, ou “policialzinho”, é uma raça bem brasileira. Nasceu no meio rural  nas cidades da Serra da Mantiqueira e região da divisa de Minas e São Paulo.  “Com forte instinto de trabalho com rebanho e caça o Pastor Mantiqueira é leal ao dono, territorialista e também faz guarda” conta Cláudio.

O Heeler, ou Australian Cattle Dog, é uma raça de cães que trabalha o rebanho em companhia do dono e a pequena distância. Conhecido como cão boiadeiro tem sua origem na Austrália. É uma das raças de cachorros mais populares entre os fazendeiros.

Ramana Furtado do Canal do YouTube Bruta Delicada fez um vídeo mostrando um pouco das características da raça Heeler.

Cláudio explica quais são os cuidados na hora de comprar um filhote, “o mesmo deve ser saudável; o recebimento de seu filhote deve ocorrer quando o mesmo já estiver 60 dias, no mínimo, para ir para o novo lar”.

Esses cães vivem, em média, 14 anos, com características genéticas fortes, são animais com eficiência e habilidade no trabalho, com temperamento bom, inteligência e saúde.

compartilhe o post

Comente Pelo Facebook