Blog

Já viu drone tocar boiada? Confira aqui

Country Life
10.02.2016

A maioria das pessoas não tem conhecimento de que os drones podem fazer muito mais que fotos e filmagens. Outras formas de utilização incluem: operação de busca e resgate, drones na agricultura (aplicando pesticidas e análise da lavoura), monitorar queimadas, medição de terremotos, entrega de ajuda humanitária, entre outras.Uma aplicação para os drones que poderia ser considerada inusitada até bem pouco tempo atrás, mas, que hoje não só é uma realidade, como já tem se difundido rapidamente, são os drones aplicados na pecuária. Eles possuem diversas funções, como monitorar boiadas. O ditado popular já diz “é o olho do dono que engorda o gado” e alguns fazendeiros têm adotado o robozinho voador.

O monitoramento feito com os drones pode auxiliar na qualidade de vida do animal. Rapidamente o drone pode saber se o animal se desgarrou, se está machucado, se caiu em algum buraco, ou se até mesmo se aquela vaca no cio pulou a cerca para encontrar com o boi do vizinho.

Em outros casos, os drones têm substituído os cães pastores ou os vaqueiros. Isso mesmo, os drones já estão sendo utilizados para pastorear o rebanho.

O uso de drones para monitorar boiada está ganhando terreno na Austrália e em Israel onde há centenas de milhares de gado sendo criados. Aqui no Brasil, o pecuarista e empresário Ludgero Gabriel Sant´Anna já fez uso do drone para tocar boiada na fazenda do pai em Buritis (MG). No entanto, os peões tradicionais não foram dispensados, especialmente porque o drone é usado de forma esporádica e não faz parte da rotina na fazenda. A presença física da dupla “boiadeiro-cavalo” ainda é importante. O drone também é usado na fazenda para sobrevoar o pasto.

A pesquisadora da Embrapa Gado de Corte, de Campo Grande (MS), Fabiana Villa Alves, diz que a tecnologia deve ser usada com cautela, pois o barulho do drone pode estressar o animal. Alguns consideram que a tecnologia vai pegar; outros, que é apenas modismo. E você, o que acha? Deixe sua opinião nos comentários.

Fonte: Droneblog e Revista Globo Rural

Foto de destaque: Lima Pix

compartilhe o post

Comente Pelo Facebook